Laia de Ahumada

  • Escritora

Nasci em Barcelona em 1957. A minha infância leva a marca dos longos verões passados nos Pirenéus, rodeada de montanhas, e em Tarragona, ao pé do mar. Em ambos os lugares pude experimentar o silêncio e a liberdade, que sempre me acompanharam.

Sou de feitio inquieto e tenho feito muitas coisas ao longo da vida: escrever, sobretudo, mas também doutorar-me em filologia catalã, dar aulas, investigar e fundar o Centre Obert Heura para os sem-abrigo e a associação Terra Franca.

E sou mãe de dois filhos, que são os melhores livros que dei à luz. Com eles tenho partilhado uma série de aventuras, de montanhas e mares, silêncios e confidências, convidando-os sempre a experimentar o mistério da vida.

Nasci em Barcelona há muitos anos, tantos que até já sou avó. Tenho um espírito inquieto e fiz imensas coisas ao longo da vida: escrever, sobretudo, mas também doutorar-me em filologia catalã e impulsionar a criação de projetos sociais como o Centro Heura para pessoas sem lar, à frente do qual estive cerca de vinte anos.

Enquanto escritora, publiquei aproximadamente duas dezenas de livros, cinco deles de entrevistas a pessoas ligadas ao mundo da espiritualidade, cultura e vida rural, mas ainda não tinha escrito nenhum sobre o mundo da exclusão social. É por isso que este livro é muito especial para mim, porque reúne tudo aquilo que sou e realizo e, acima de tudo, dá voz a pessoas que não são ouvidas por ninguém. E também é um livro singular porque, enquanto o escrevia, fui-me embora de onde estava, à procura de um lugar melhor onde viver. A diferença em relação aos entrevistados é que eu não me vi «obrigada a partir». Simplesmente, parti.

(biografia de OBRIGADOS A PARTIR)

Livros relacionados