Wangari Maathai: Plantar árvores, semear ideias

Comentário de Laia de Ahumada

Ilustrações de Vanina Starkoff

Tradução de Catarina Sacramento

Sinopse

Wangari Maathai recebeu o Prémio Nobel da Paz pelo seu papel como líder
do Movimento Green Belt, que plantou mais de 30 milhões de árvores e transformou a paisagem e a sociedade do Quénia. O seu contributo foi decisivo para a melhoria da vida das mulheres, bem como na luta pela democracia. Foi a primeira vez que o Nobel da Paz distinguiu uma mulher africana, e foi também a primeira vez que este prémio reconheceu a defesa do meio ambiente como elemento-chave para a paz.
Apresentamos o discurso em edição bilingue, em inglês e português, acompanhado por um comentário aprofundado e ilustrações que recriam a vitalidade desta mulher excecional.

  • Formato: 12 x 20 cm
  • Páginas: 80
  • Encadernação: capa flexível (kraft) | 120 g | 7 mm lombada
  • ISBN: 978-84-17440-71-6
  • Coleção: Akiparla, 5
  • Primeira edição: outubro de 2020
  • Idade recomendada: + 12 anos

10,00

* Envio gratuito para a Península e Ilhas Baleares

Folhear o livro

  • Laia de Ahumada

    Escritora

    Nasci em Barcelona em 1957. A minha infância leva a marca dos longos verões passados nos Pirenéus, rodeada de montanhas, e em Tarragona, ao pé do mar. Em ambos os…


    Ler mais
  • Vanina Starkoff

    Ilustradora

    Nasci na bela América Latina, na cidade de Buenos Aires (Argentina). Licenciei-me em design gráfico, mas senti logo que não era essa a minha verdadeira paixão. Seguindo sempre o caminho…


    Ler mais
  • Catarina Sacramento

    Tradutora e revisora

    Nasci em 1977, no ano do punk, mas nunca gostei de grandes confusões. Vivi metade da vida em Leiria e a outra metade em Lisboa, com um salto a Macau…


    Ler mais